Reencantar o Mundo: Concurso de Arte e Escrita Juvenil

Chamando todos os Educadores e Jovens!

A Associação de Estudos sobre Paz e Justiça (PJSA), uma organização sem fins lucrativos que se dedica a compartilhar visões e estratégias para a construção da paz, justiça social e mudança social, tem um Peace Chronicle que está hospedando um Concurso Internacional de Arte e Escrita para Jovens. Todos os jovens até 18 anos estão convidados a enviar arte, poesia, contos e ensaios!

O tema é Reencantamento, e os detalhes podem ser encontrados aqui, faça o download do folheto informativo. As inscrições estão abertas até 3 de março de 2023!

Saiba mais e participe da competição!

Numa época de catástrofes climáticas, guerras e crescentes crises de saúde mental, esta competição procura mobilizar pessoas de todo o mundo para se envolverem em atividades para reimaginar e sonhar com um futuro melhor. A ideia de Reencantamento nos pede para nos apaixonarmos pelo mundo novamente. Como podemos nos conectar com o meio ambiente e outros animais, uns com os outros e com nós mesmos com mais magia e esperança? Como podemos imaginar um mundo ou mudar nossa perspectiva sobre nossas próprias vidas para que seja mais divertido e amoroso? Como podemos nos tornar melhores vizinhos e amigos uns dos outros? Como podemos transformar o mundo em um lugar mais pacífico e bonito para todos? Adoraríamos ouvir suas ideias!

Além disso, convidamos todos os educadores a se juntarem a este documento vivo para compartilhar ideias ou atividades que você pode fazer com os alunos para inspirar e criar esperança na sala de aula e fora dela. Qualquer pessoa pode contribuir e esperamos promover um espaço colaborativo global.

Os alunos vencedores da competição e seus educadores serão reconhecidos na edição de primavera da revista crônica da paz hospedado pela Peace and Justice Studies Association e será publicado entre acadêmicos, artistas e ativistas em maio.

 

fechar
Junte-se à Campanha e ajude-nos a #SpreadPeaceEd!
Por favor me envie e-mails:

Participe da discussão ...

Voltar ao Topo